Como e o que congelar

Congelar é...

Manter o sabor, a cor e o aroma do produto fresco no congelador.

Não congele: Receitas à base de maisena, gelatina pura, maionese, claras cozidas ou em neve, gema crua, ovo cozido, vegetais crus, creme de chantilly, iogurte, folhas de verduras e frutas, banana e pêra d’água.

Salgadinhos!
Depois de prontos, ponha os salgadinhos em um recipiente que possa ser mergulhado em água gelada, para que resfriem. Coloque em uma bandeja aberta, cubra com papel-filme e leve ao congelador. Após congelar, transfira os salgadinhos para sacos plásticos bem fechados e volte ao congelador. Assim, eles não ficarão grudados.

Legumes!
Existe uma técnica especial para congelar legumes chamada branqueamento. Ela é bem simples: lave bem os legumes e corte os talos. Mergulhe os vegetais em água fervente por alguns segundos e coloque-os em água gelada em seguida, para evitar que cozinhem com o calor. Leve os legumes ao congelador em sacos plásticos. Tire todo o ar da embalagem, ou então eles ficarão com textura áspera e sem sabor. Mas atenção: o vegetal branqueado não está pronto para ser servido depois de descongelado, ele deve ser cozido!

Batatas!
Você pode congelar as batatas cozidas ou cruas. No primeiro caso, cozinhe as batatas e amasse como purê. Embrulhe em papel-filme e leve ao congelador. Para batatas
cruas, lave, descasque e corte em cubos. Mergulhe em água fervente por 5 minutos e
resfrie em uma tigela com água e gelo. Escorra, embale em papel-filme e congele.

Regras básicas de congelamento:
- Quanto mais rápido o alimento for congelado e quanto mais devagar ele for descongelado, melhor será o resultado final.

- Sempre retire o ar de dentro das embalagens que serão congeladas, porque ele prejudica o congelamento.

- Identifique com uma etiqueta o nome do alimento, a quantidade e data do congelamento. Fica muito mais fácil saber o que está no potinho e se o conteúdo
ainda é próprio para o consumo.

- Congele porções que possam ser utilizadas de uma só vez, para você não precisar descongelar tudo e usar apenas metade.

- Mantenha uma lista dos alimentos congelados. Assim, você não precisa abrir o congelador sem necessidade!

Você sabia que a clara crua pode ser congelada em potes bem fechados por
até 3 meses no congelador?

Descongelar é...
O processo que faz os alimentos congelados voltarem à sua condição natural.

Fique atento ao prazo de validade!
O tempo que um alimento pode permanecer no congelador está intimamente ligado à capacidade de conservação de seus ingredientes e componentes químicos. As receitas preparadas com leite, por exemplo, têm o prazo de validade menor do que
àquelas feitas com água. Sabendo disso, você pode planejar o que vai fazer para
congelar e o que vai fazer para ser consumido rapidamente. Outro fator que influi na conservação do alimento no congelador é a temperatura. Mantenha seu congelador com a temperatura próxima dos -18oC sempre e evite abrir e fechar a porta do congelador a todo momento. Lembre-se também de embalar bem os alimentos
que planeja conservar! Isso evita o contato com o ar.

Embalagens para congelar
- As embalagens são importantes para manter os alimentos congelados com sabor e propriedades nutritivas intactas. Veja o jeito correto de embalar seus congelados:

- As embalagens devem ser bem fechadas para evitar que as bactérias se proliferem
em meio aos alimentos.

- Procure sempre remover o ar de dentro das embalagens porque o contato com ele pode estragar alimentos congelados.

- Para recipientes sem tampa, use papel-filme ou sacos plásticos.

- Procure aproximar o plástico ao máximo dos alimentos.

- O importante é sempre utilizar embalagens limpas e secas.

Regras básicas de descongelamento
Não basta manter as propriedades dos alimentos enquanto ele permanece congelado. É preciso também estar atento para que o alimento não perca qualidade durante o descongelamento. Veja só o que precisa ser observado na hora de tirar algo do congelador:

- Para não prejudicar a qualidade dos alimentos, evite descongelar em água corrente.

- Vegetais congelados no processo de branqueamento podem ser imediatamente
refogados ou cozidos

- Molhos podem ser descongelados diretamente em fogo baixo.

- Os demais alimentos, incluindo carnes, aves, peixes, massas, bolos recheados e sobremesas geladas, devem ser retirados do congelador 24 horas antes do uso e
colocados na geladeira.

Fique atento às sugestões de tempo de armazenamento para congelados! 

- Pães e massas: 3 meses

- Legumes e verduras: 12 meses

- Filé de peixe: 2 meses

- Carne moída: 4 meses

- Frutas: 9 meses

- Costelas de porco e carneiro: Até 6 meses

- Manteiga: De 3 a 8 meses

2 comentários:

  1. Lucia, bom dia! Poderia sanar uma dúvida? Caso eu queira fazer algum prato e depois congelar, seria uma boa ideia ou é melhor fazer o prato e logo consumir? Estava pensando em fazer alguns pratos para a semana q deixar congelado para não estragar, vc acha isso viável?? Por exemplo: arroz, faria no mesmo dia, o feijão eu já tenho costume de congelar... agora as carnes, aves e peixes, posso congelar já temperado? Ou por exemplo, montar uma lasanha e deixa ela congelada??
    Obrigada pela atenção.
    Beijos, Lígia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Lígia
      bom dia
      Quase todos os pratos dos cardápios que coloco aqui podem congelar, eu faço e congelo para meus filhos casados, a única coisa que não fica muito legal são: xuxu, e batata do tipo inglesa em pedaços, o purê de batata pode, abobrinhas aquelas verdes, a vermelha pode. Não fica muito bom congelar os carnes temperadas, é melhor fazer e congelar. Esses cardápios de semana eu fiz com o objetivo de ajudar as pessoa que trabalham fora, então você pode perfeitamente pegar um dia fazer todos, congelar.
      Espero ter ajudado!
      Um abraço

      Excluir

Obrigada, seu comentário foi encaminhado em breve responderemos.